Postado por: Gabriel Neufeld quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

  Júpiter é o maior planeta do sistema solar, e tem de tamanho o mesmo que tem de mistérios, há muita coisa a ser descoberta em Júpiter, mas enquanto os cientistas tentam descobrir, podemos aprender 5 das curiosidades de Júpiter!

1- Tamanho.

  Júpiter é gigantesco, é duas vezes mais massivo que todos os planetas juntos, ele é tão grande que se fosse oco, caberiam 1300 planetas Terra no seu interior, seu diâmetro é de 142.980 km.




2- Campo magnético maior ainda.

  O campo magnético de Júpiter, acredite, é bem maior que seu tamanho, daqui da Terra é possível ouvir ruídos de seu campo magnético, apenas com um rádio em um local sem interferência, pense que você está em uma estrada do interior, bem distante da Capital, é de madrugada e você está com o rádio ligado, sintonizado na AM 1400, por exemplo, e do nada você começa a ouvir um barulho anormal e sinistro, sim, pode ser o campo magnético do maior planeta do sistema solar, o tamanho do campo magnético de Júpiter vai até perto da órbita de Saturno.


Campo magnético de Júpiter, imagem ilustrativa

3- Grande Mancha Vermelha.

    Pense em um furacão 2,5 vezes maior que a Terra, e que dura a mais de 400 anos, quando foi observada pela primeira vez, obvio que ela já estava lá, e por isso ela pode ter milhares ou milhões de anos, apenas por um simples telescópio de 90 mm já é possível observar a Grande Mancha Vermelha, bem pequena, mas ela aparece!


Grande mancha vermelha - Nasa

4- Shoemaker Levy 9.


Marcas dos impactos contra os fragmentos do cometa - 1994
  
O Shoemaker Levy 9 era um cometa, que foi descoberto em 1993 nos EUA, após alguns estudos sobre sua orbita, os astrônomos chegaram a conclusão de que o objeto se chocaria com Júpiter, até que em 1994, vários fragmentos do cometa colidiram com o gigante e o impacto criou bolas de fogo maiores que a Terra, após isso só sobraram marcas negras em sua atmosfera, foi a prova que os cientistas precisaram para provar que impactos podem acontecer sim, com chances pequenas, e que podem causar muitos estragos.

5- Anéis.

  Todos os gigantes gasosos (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) possuem anéis, o de Saturno é brilhante por causa dos fragmentos de gelo que refletem a luz solar, mas os anéis de Júpiter são feitos de poeira, por isso não são visíveis de longe, nem por luz visível, somente por rádio-telescópios ou por sondas, como a Galileo, sonda da Nasa que foi enviada em uma missão para lá.

10 comentários ... Comente!

  1. Júpiter é misterioso. Até sua coloração emite um ar de 'abstração' kkk vai saber o que acontece por lá..

    ResponderExcluir
  2. preciso fazer um trabalho e essas curiosidades me ajudaram muito

    ResponderExcluir
  3. Porque um furação fixo? Será que possui na sua superfície alguma coisa que o deixe sempre ali, um buraco por exemplo?

    ResponderExcluir
  4. Bora la ver!? quem ai ta afim??

    ResponderExcluir
  5. vou comprar uma passagem no proximo vou. kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk louko vidaloka :-)

      Excluir
  6. respondendo a pergunta sobre o furacão , ele não é fixo , ele se move através do planeta gasoso em extrema velocidade , e ele é criado devido a correntes de material quente se não me engano , caso eu esteja errado alguém me corrija por favor , Júpiter é meu planeta preferido por sua beleza e grandiosidade , gostei dessas curiosidades ^^

    ResponderExcluir
  7. Há possibilidades de vcs.comentarem sobre suas luas?Dizem q são muitas e minha curiosidade também.Obrigada.

    ResponderExcluir
  8. o planeta mais interessante do nosso sistema solar. quando me tornar astronomo vou me dedicar quase que todo a esse magnifico planeta

    ResponderExcluir

Anúncio

Anúncio

Mais lidos esta semana

Total de visualizações de página

Seguidores

- Copyright © 2013 Astronomiaqui - Metrominimalist - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -